quinta-feira , 12 dezembro 2019

ProUni Inscrição

ProUni Inscrição
Muitas pessoas têm o desejo de continuar os estudos e ter uma profissão com a qual, muitas vezes, sonharam a vida inteira. No nosso país, a educação considerada básica e obrigatória a todas as pessoas é até o ensino médio, no qual, após o seu término, os candidatos devem obrigatoriamente realizar o Exame Nacional do Ensino Médio.
ProUni Inscrição
Este exame tem como finalidade, além de outras coisas, ajudar o Governo Federal, em união com o Ministério da Educação (MEC), a analisar como está o aproveitamento dos alunos que cursam o ensino médio no país. Contudo, como acabamos de dizer, muitas pessoas desejam ter um estudo adicional, como um curso superior que poderá ser feito em uma instituição pública ou particular.

Já que muitas pessoas têm o desejo de se formar em um curso superior e, também, o Governo tem o interesse em ter cada vez mais e melhores profissionais que impulsionem a sua economia para cima, há muitos programas que são criados que têm o objetivo de ajudar os brasileiros a conquistar esta formação adicional. Um destes programas é o ProUni – Programa Universidade Para Todos. Você já ouviu falar nele?

ProUni

O Programa Universidade Para Todos tem o objetivo de conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação ou em cursos que sejam sequenciais de formação específica, que sejam oferecidos em instituições de ensino superior privadas. O ProUni foi criado em 2004 e institucionalizado em 2005 e, além de fornecer bolsas de estudo aos alunos, em contrapartida, também permite a isenção de tributos àquelas instituições privadas que aderirem a ele.

Quem pode participar do ProUni? Aqueles estudantes egressos do ensino médio que tenham estudado em instituições públicas ou em instituições particulares – desde que tenham estudado nelas na condição de bolsistas parciais ou integrais. Além disso, outra exigência também é levada em conta: os alunos que desejarem se candidatar ao ProUni, além de terem estudado em escolas públicas ou privadas na condição de bolsistas, também devem ser pertencentes a famílias de baixa renda, ou seja, a famílias que possuam renda familiar per capita de até 3 salários mínimos.

O ProUni é um programa que funciona à base de um sistema de seleção informatizado e impessoal, que analisa e confere, da maneira mais transparente possível, os dados dos candidatos ao processo de seleção. Como esta seleção é feita? A forma de os candidatos participarem no ProUni é através de sua nota obtida no ENEM (na sua última edição) e os candidatos que são os selecionados pelo Programa são aqueles que tiverem obtido as melhores notas, ou seja, a inclusão existe pelo próprio mérito dos candidatos.

Além do ProUni ajudar na inclusão de alunos nas instituições de ensino superior privadas, ele também possui ações conjuntas de incentivo à permanência dos estudantes nestas instituições, como por exemplo, a Bolsa Permanência, os convênios de estágio MEC/CAIXA e MEC/FEBRABAN, além do FIES – Fundo de Financiamento Estudantil, através do qual o estudante pode financiar até 100% da mensalidade que não foi coberta pelo ProUni.

Além do processo de seleção de alunos da forma regular, há ainda uma outra forma de ser selecionado. Vamos analisar um pouco melhor estas duas formas. No processo de seleção regular, os candidatos devem ter realizado o ENEM no ano exatamente anterior e devem ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos na média de todas as notas do ENEM, além de terem obtido nota superior a zero na Redação.

Porém, pode ser que ainda sobrem bolsas de estudo (remanescentes), ou seja, que não tenham sido ocupadas pelos candidatos no processo de seleção regular. Bom, se isso acontecer, para poder concorrer a estas bolsas remanescentes, os candidatos devem:

  • Ser professores da rede pública de ensino, exercendo o magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente de instituição pública, para os cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica; ou então
  • Ter participado no ENEM, a partir da edição de 2010, e ter obtido neste exame nota igual ou superior a 450 pontos na média de todas as notas, bem como nota superior a zero na Redação.

As inscrições para o ProUni podem ser feitas apenas pela internet, através do endereço eletrônico do próprio Programa (que será disponibilizado ao final deste artigo), e os candidatos deverão fornecer, no formulário de inscrição, todas as informações exigidas de forma verídica e completa, já que estas informações serão conferidas pelo Programa para poder validar (ou não) a inscrição de cada candidato. Independentemente se o candidato irá se cadastrar na primeira etapa do processo seletivo ou na segunda, para as bolsas remanescentes, ele deve se cadastrar no site do ProUni e, após realizar este cadastro, ele poderá acessar a qualquer momento o Programa através do seu cadastro pessoal. Quando as inscrições estiverem disponíveis, seja na primeira ou na segunda etapa, ele poderá se inscrever mais facilmente.

Uma dica a mais

Mas dê atenção a um outro detalhe, a partir de agora: percebeu que só podem participar deste processo seletivo do ProUni os candidatos que, dentro do âmbito de estudantes egressos de escolas públicas ou de escolas particulares na condição de bolsistas, e também dentro do âmbito de candidatos pertencentes a famílias de baixa renda, obtiverem nota igual ou superior a 450 pontos nas médias de todas as notas do ENEM, bem como nota superior a zero na Redação, certo?

Bom, sabendo disso, é muito importante que os candidatos que desejarem concorrer às bolsas oferecidas pelo ProUni se preparem muito bem para o ENEM, já que ele será o ponto de partida para esta seleção do ProUni. O ProUni seleciona, de forma impessoal, os candidatos melhores qualificados, ou seja, aqueles que obtiverem as melhores notas no ENEM. Dessa forma, começar a estudar bem antes da data do ENEM e estudar um pouco de tudo que o ENEM avalia (que é o conteúdo do ensino médio), pode fazer toda a diferença na hora de conseguir ser um dos contemplados com as bolsas do ProUni.

Assim sendo, vale a pena dedicar seu tempo estudando mais, se dedicando mais, escrevendo e reescrevendo redações, lendo jornais, formando opinião sobre todos os assuntos mais atuais que estão em alta no Brasil e no mundo e, o principal, treinando muito a sua capacidade de ler e interpretar bem um texto – isso será usado durante toda a prova do ENEM, em todas as questões mesmo, afinal, você vai precisar ler e entender todas as questões para conseguir raciocinar sobre elas e responde-las da forma correta, não é mesmo? Por isso, se dedique com bastante antecedência em se preparar para o ENEM e você com certeza irá aumentar suas chances de ser um dos selecionados no ProUni.

E para ter uma ajuda a mais nessa preparação, que tal você conhecer a apostila da editora recomendada por nós? Esta apostila é um material completo e didático que poderá ser seu guia de estudos perfeito, ajudando-o a alcançar seus objetivos, e claro, mudando o seu futuro. Bons estudos e boa sorte!

Site do ProUni: http://prouniportal.mec.gov.br/
Blog voluntário informativo do ENEM: http://enem2015.biz/

Sobre Concursos Abertos